Biografia:

 

Isabel Nery é jornalista há mais de 20 anos, tendo trabalhado na revista VISÃO até 2017. É vice-presidente do Sindicato dos Jornalistas e aluna de Doutoramento com tese sobre Jornalismo Literário e Neurociências, fazendo parte do Clepul, centro de investigação da Faculdade de Letras de Lisboa. É autora do ensaio Chorei de Véspera - Ensaio sobre a Morte, por Amor à Vida, de 2016. Em 2012 publicou o livro de reportagem As Prisioneiras - Mães Atrás das Grades, adaptado pela Pickle Films para a curta-metragem Os Prisioneiros. Em 2011, o trabalho de jornalismo literário Vida Interrompida foi adaptado para uma exposição itinerante (em co-autoria com Marcos Borga), que percorreu o país durante mais de um ano. O trabalho de Isabel Nery foi já distinguido com vários prémios, entre eles o Prémio Direitos Humanos e Integração, da UNESCO, o Prémio Mulher Reportagem Maria Lamas e o Prémio Jornalismo pela Tolerância. Fez parte da equipa que criou a VISÃO Júnior, de que foi editora.

Enquanto investigadora, publicou ensaio e apresentou comunicações em várias instituições portuguesas e estrangeiras, entre elas a Universidade de Harvard (2016) e o King´s College, Canadá. Em 2010 estudou no Committee of Concerned Journalists (CCJ), nos EUA.

Formadora do Cenjor, licenciada em Relações Internacionais e mestre em Comunicação, publicou investigação e ensaio na área do jornalismo, sendo autora do livro Política e Jornais – Encontros Mediáticos (2004) e do ensaio O Inferno Aqui tão Perto - Literatura de Viagens e Reportagem de Guerra (2009). Foi bolseira da Fundação para a Ciência e Tecnologia (FCT) e da Fundação Luso-Americana para o Desenvolvimento (FLAD).

isabel   nery

Jornalista

contacto

Isabel Nery

 

mobile:  +351 919 772 275
email: isabel.nery@gmail.com